Sabem onde vender as vossas roupas usadas?

Desde o início do ano que ando a destralhar…

Destralhar o roupeiro porque metade das peças não uso, destralhar a casa de coisas que não têm utilidade nenhuma, dos brinquedos que os miúdos já não brincam, enfim, das milhentas coisas e coisinhas que acumulamos, que não nos servem para nada e ocupam o espaço que depois não temos para arrumar o que é efetivamente útil.

No início do ano fiz uma reciclagem à casa, agora estou a dedicar-me a um detox ao guarda-roupa, já um pouco inspirada pelas novas coleções que andam por aí (e se há coisas giras!). Sabem que, normalmente, só usamos no dia-a-dia cerca de 30% das peças que temos no roupeiro?… às vezes, menos até 🙂

A questão que normalmente se coloca é o que fazer às peças de 2ª mão? Muitas vão para instituições de solidariedade, mas depois há aquelas peças impecáveis, em excelente estado, que para nós já não fazem sentido (algum devaneio de saldos ou aquelas calças que nos iriam servir depois de perdermos os “tais” 3Kg!) mas que noutra estrutura de corpo, noutro estilo, vão fazer um brilharete. E a dúvida que mais me colocam é o que fazer com estas peças…

Vender é sempre uma excelente forma de recuperar algum dinheiro mas, muitas vezes, não sabemos onde.Vender online é uma das opções mais confortáveis e lembrem-se que o mais importante para vender online é  tirar boas fotos. Lavem e engomem primeiro as peças e depois tirem fotos numa superfície de cor neutra, com boa luz, e uma de preferência que dê para perceber a vestibilidade. Se estiverem em bom estado e forem giras, vendem-nas num instante.

Para além das plataformas mais conhecidas, OLX, Custo Justo, etc, há outras especializadas em roupa de 2ª mão.

A Glam to Glam é uma das minhas preferidas. Uma plataforma muito clean, bastante funcional, que permite colocar os artigos à venda gratuitamente. O vendedor não precisa de se identificar, porque quando se regista pode dar qualquer nome ao seu “closet”, e as peças são entregues em pontos Pick Up. Vendedor e comprador esclarecem dúvidas por chat, os pagamentos são feitos pela plataforma, pelo que não temos que dar os nossos dados pessoais a ninguém. No final, a plataforma fica com uma comissão de 30% sobre o artigo que vendemos.

Outra página especializada é o Roupeiro. O funcionamento é semelhante ao OLX e dá boas dicas para potenciar o vosso anúncio e torná-lo mais apelativo. Encontram roupa, calçado e acessórios de quase todas as marcas.

Se tiverem por aí encostada alguma peça de luxo que já não queiram, podem vendê-la na Miss Vintage, este site dedica-se à compra e venda de peças de luxo em 2ª mão. Quando é vendida, a peça vai primeiro para a empresa, onde é analisada previamente por uma equipa, para garantir que não há falsificações. Só se se confirmar que é autêntica é que segue para o comprador, caso contrário o vendedor tem que devolver o €.

E vocês conhecem outros sites para ajudar a destralhar? Partilhem 🙂

Bjs,

A.A

 

 

0
0